Edifício Vila Lobos | Brasília | DF

7 de outubro de 2020

ACESSIBILIDADE EM CONDOMÍNIOS: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

Embora a acessibilidade seja garantida por lei, em boa parte dos condomínios brasileiros ainda há obstáculos que impedem que portadores de deficiência motora, auditiva, visual ou mental tenham mais conforto e mobilidade. O que pode ser feito para mudar esta realidade?
CONSCIENTIZAÇÃO
Algum dia você já se colocou no lugar de alguém com deficiência e com mobilidade reduzida, para entender os desafios diários de locomoção em espaços sem acessibilidade? No nosso país, cerca de 24% da população possui algum tipo de deficiência relacionada à locomoção, mas ainda é comum encontrar locais sem acessibilidade.
São muitas as leis que garantem a acessibilidade, sendo a Constituição Federal a principal delas: é direito de todo cidadão ir e vir livremente, independentemente de suas condições físicas ou mentais. O gestor do condomínio deve procurar conhecer e seguir os cuidados obrigatórios quanto à acessibilidade nos condomínios, apontados pelas normas brasileiras, que são diversas, sejam elas federais, estaduais ou municipais.
Para melhorar a acessibilidade em condomínios, alguns tópicos são essenciais: rampas de acesso — a primeira providência do gestor deve ser instalá-las; elas precisam estar em locais bem escolhidos e devidamente sinalizadas, ter corrimão e piso tátil; estacionamento com reserva de vagas indicadas por lei — elas precisam estar próximas à entrada e saída para facilitar o acesso; sinalização — degraus, rampas e piso devem estar bem sinalizados, favorecendo principalmente as pessoas com deficiência visual; elevadores — as botoeiras devem estar na ordem correta, com a devida transcrição em Braile, além de sinalização sonora sobre os andares do prédio; o painel do elevador deve estar posicionado de tal forma que uma pessoa sentada consiga alcançar todos os números; interfones também devem ter marcação em Braile; banheiros acessíveis — é imprescindível barras de ferro ao lado dos vasos sanitários, que devem estar adaptados para pessoas com deficiência, bem como os lavatórios; o piso deve ser firme, regular e antiderrapante; as portas de acesso devem ser ampliadas, de maneira a comportar cadeira de rodas, andadores e carrinhos; equipamentos que auxiliem na locomoção de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida (como cadeiras de rodas) devem ser adquiridos; interruptores de luz, tomadas elétricas e termostatos, pias, maçanetas, campainha e interfone precisam ser instalados de acordo com a altura do usuário, algo muito importante para pessoas com nanismo e cadeirantes. A falta de acessibilidade em condomínios para pessoas com mobilidade reduzida limita os visitantes do prédio e restringe o número de locatários.
QUESTÃO DE CIDADANIA
Ao adaptar seu condomínio às leis da acessibilidade, o gestor garantirá que pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida tenham mais qualidade de vida e dignidade. Até mesmo a autoestima e autoconfiança dos portadores de necessidades especiais melhoram quando eles podem transitar tranquilamente pelo espaço, acessando e usufruindo de todos os ambientes do condomínio, assim como os demais frequentadores. É uma questão de respeito e cidadania: proporcionar conforto e segurança não somente aos condôminos, mas também aos visitantes e usuários do edifício.


Relacionados

27 jan 2021

SOLUÇÕES 360°: O QUE SÃO E ONDE VALE A PENA INVESTIR

Quem não gostaria de ser bem sucedido no comando de uma empresa? Em um cenário cada vez mais competitivo e desafiador, é fundamental controlar cada processo. Entre tantos modelos de gestão, destacam-se as soluções 360°, que proporcionam uma visão panorâmica e profunda de toda a empresa. Em toda empresa há uma divisão administrativa natural entre […]

Veja mais

02 jul 2021

Teste Post

LOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsvvvvLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsvLOREM imsLOREM imsvvvvvvLOREM imsLOREM imsvvLOREM imsLOREM imsvvvvvLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsv

Veja mais

03 fev 2021

MAIS DO QUE PRODUTOS E SERVIÇOS: OS CLIENTES DE HOJE BUSCAM EXPERIÊNCIAS

Até pouco tempo, os clientes costumavam fundamentar sua lealdade no preço ou no produto, mas as coisas têm mudado. Os clientes de hoje permanecem leais às empresas devido à experiência que recebem. Isto rapidamente se tornou uma prioridade para as empresas e em 2021 não será diferente. A experiência do cliente (customer experience – CX, […]

Veja mais