Edifício Vila Lobos | Brasília | DF

12 de março de 2020

INFRAESTRUTURA 4.0 X CORONAVÍRUS

Uma das preocupações da infraestrutura 4.0 é com a qualidade ambiental interna, o bem-estar em locais fechados e onde permanecemos durante muitas horas. Como lidar, porém, com essa questão em tempos de coronavírus?
Perda de vidas humanas, impacto na economia mundial. Empresas de todo o mundo já sentem o efeito do novo coronavírus, o chamado Covid-19, cujo resultado poderá ser uma perda econômica jamais vista, na ordem de centenas de bilhões de dólares, e embora as grandes organizações possuam um plano de crise, a maioria das empresas encontra-se mal preparada para lidar com a gravidade da situação. Uma pessoa contaminada em um ambiente de trabalho pode contagiar rapidamente os que estão à sua volta, isso levou empresas antes resistentes à ideia do trabalho remoto a fazer disso uma prioridade. Gigantes da tecnologia, como Amazon, Apple e Microsoft pediram aos funcionários que trabalhem em suas residências, bem como escolas estão partindo para o ensino remoto. O home office levará a inúmeras mudanças, afetando o trabalho em equipe, a produtividade, a colaboração e a comunicação. Pode ser que isso provoque um conjunto de inovações destinadas a facilitar essa tendência e torná-la permanente.
Talvez os empregadores não consigam eliminar o pânico ou o simples medo dos funcionários em relação ao Covid-19, mas podem atenuá-los da melhor forma possível. Eles devem manter os colaboradores atualizados sobre a situação e convidá-los a participar da discussão. As comunicações devem ser enviadas para educar os funcionários sobre sua cobertura de assistência médica, o programa de assistência aos funcionários (caso exista) e a importância de lavar com frequência as mãos; essa simples medida é uma das mais eficazes para prevenir o contágio pelo Covid-19. Portanto, os empregadores devem providenciar sabonetes bactericidas para os funcionários lavarem as mãos, reduzir ou eliminar sanções por afastamentos, aumentando a flexibilidade, e organizar sessões de conscientização para educar e reduzir a ansiedade.
Ao longo dos séculos, os grandes flagelos que atingiram a humanidade tiveram enorme impacto na economia e com o Covid-19 não deve ser diferente. Eles ceifaram muitas vidas, mas também mudaram a maneira como a sociedade raciocinava, surgindo as inovações. A SARS (Síndrome Respiratória Aguda Grave), em 2002, por exemplo, impediu muitas pessoas de se deslocarem, o que provocou um aumento do comércio eletrônico, até então praticamente inexistente na China. Portanto, esse contágio, como todos os outros, trará sofrimento e perdas de vidas humanas, mas todos esperam que, como a História ensina, ele também desencadeie uma onda de inovação, progresso e bem-estar.


Relacionados

27 jan 2021

SOLUÇÕES 360°: O QUE SÃO E ONDE VALE A PENA INVESTIR

Quem não gostaria de ser bem sucedido no comando de uma empresa? Em um cenário cada vez mais competitivo e desafiador, é fundamental controlar cada processo. Entre tantos modelos de gestão, destacam-se as soluções 360°, que proporcionam uma visão panorâmica e profunda de toda a empresa. Em toda empresa há uma divisão administrativa natural entre […]

Veja mais

02 jul 2021

Teste Post

LOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsvvvvLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsvLOREM imsLOREM imsvvvvvvLOREM imsLOREM imsvvLOREM imsLOREM imsvvvvvLOREM imsLOREM imsLOREM imsLOREM imsv

Veja mais

03 fev 2021

MAIS DO QUE PRODUTOS E SERVIÇOS: OS CLIENTES DE HOJE BUSCAM EXPERIÊNCIAS

Até pouco tempo, os clientes costumavam fundamentar sua lealdade no preço ou no produto, mas as coisas têm mudado. Os clientes de hoje permanecem leais às empresas devido à experiência que recebem. Isto rapidamente se tornou uma prioridade para as empresas e em 2021 não será diferente. A experiência do cliente (customer experience – CX, […]

Veja mais